Um poema que celebra os idosos

Ser idoso é ter a coragem de olhar para a frente. É dizer que traz consigo um mundo de conhecimento. Ser idoso é ser gente. Ser idoso é poder dizer que tem a dádiva da vida e o poder da mente. Que possui uma vasta experiência e carrega em sua guarida, a realização e a gratidão da existência. Ser idoso é ser alguém consciente, pedindo a Deus sempre mais anos de vida, para viver com os seus e ser uma pessoa querida. Ser idoso é guardar o que sente, do lado bom e ruim das coisas, dos momentos que viveu e, um dia, alegremente viveu…e foi feliz como um sábio aprendiz. 

Ser idoso é aprender, do ontem, a lição. Hoje, guardada nas eternas lembranças bem do fundo do coração. 

Ser idoso é ter no rosto a marca da sabedoria, a experiência de muitos momentos vividos com alegria. 

O que mais lhe entristece é a falta de respeito, carinho e atenção. Dê ao idoso o que ele merece e o que queres para ti. Não o maltrate, abrace-o de coração. Porque o que está hoje a pedir num futuro tão próximo podes conseguir. 

Por isso, tratar bem o idoso é meu, é teu, é nosso dever. Não esqueça que o idoso de hoje amanhã pode ser você, basta ter a vida em abundância e nem tão cedo morre. 

Maria Dionésia Santos da Silva

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com